SIDONIA NO KISHI (2014) KNIGHTS OF SIDONIA

sidonia-no-kishi-daikyuu-wakusei-seneki-6445

Sidonia no Kishi é uma série de anime que está em andamento ainda no Japão e está sendo gravada pelos estúdios Polygon Pictures em parceria com a Netflix.

A série de anime se passa numa realidade 1000 anos após a destruição da Terra por vidas inteligentes do espaço chamadas Gauna, após a destruição do planeta a humanidade se lança ao espaço em cidades flutuantes. Sidonia é a cidade em foco na história.

Nesta cidade os humanos estão super evoluídos, capazes de fazer fotossíntese e precisam se alimentar apenas uma vez por semana, além de terem descoberto a clonagem e a imortalidade. Outra coisa interessante no funcionamento dessa nova sociedade são pessoas que não tem gênero, que se define apenas no encontro com um parceiro ideal. Estruturalmente a cidade é de fato algo feito de lata, com prédios enormes e amontoados, algumas partes lembram favelas, outras partes da cidade tentam referenciar o antigo Japão.

Cidade Sidonia 1 Cidade Sidonia 2 Cidade Sidonia

Além dos prédios metálicos, Sidonia tem toda uma estrutura de tubulações, que ligam toda a cidade. Nosso herói Tanizake Nagate vivia no subsolo com seu avô, mas com sua morte, Nagate precisa usar uma das redes de tubulação para ir para a superfície em busca de alimento, quando é pego pelas autoridades e levado até a Capitã da nave, Kobayashi.

Nagate precisa enfrentar os inimigos da humanidade que 1000 anos depois de destruírem o planeta Terra, voltam para pelejar contra a humanidade. Gaunas tem a habilidade de tomar a forma do que absorvem, o que os torna muito fortes e por vezes podem apresentar uma aparência grotesca de algo quase humanoide, a única fraqueza do Gauna é sua placenta. Apesar de Sidonia se usar se mechas para lutar contra esses aliens, seu ponto fraco apenas pode ser atingido por armas chamadas Kabizashi, que são extremamente escassas, por isso nenhuma pode ser perdida.

Gauna Gauna 1

A animação de Sidonia no Kishi é feita em 3DCG, o que pode tornar alguns movimentos bem pesados e pode trazer certa falta de expressões ao longo da série. Apesar de ser uma série com mechas, monstros gigantes e armamentos super legais, não há muita comoção entre os personagens, admito que na primeira temporada essa falta de sentimentalismo me fez falta. Era como se não houvesse sentimento algum frente à morte de tantos amigos do mesmo esquadrão.

Mas com a movimentação da série fui percebendo que talvez essa falta de expressão fosse proposital, já que é uma sociedade altamente militarizada, entendo que os militares já acostumados com a morte, precisam manter todo controle e compostura frente à luta que pode causar a morte de toda a cidade de Sidonia e com ela talvez todo o rastro de humanidade no Universo.

Como Polygon Pictures é um dos melhores no que toca sobre animação CG no Japão é totalmente possível obter expressões e gestos mais leves do que o usual, algumas cenas me impressionaram bastante. Como uma das várias vezes que Nagate acaba levando um golpe de Shinatose Izana, um das pilotas e sua melhor amiga.

Captura de Tela (213) Captura de Tela (215) Captura de Tela (216)

A primeira temporada da série é bem mais introdutória e segue o ritmo do mangá, onde os eventos vão se desenrolando aos poucos. Possui 12 episódios e todos, claro, estão disponíveis no Netflix.

Adoro a abertura, tem um quê de trilha sonora para cavaleiros medievais e música eletrônica.

Abertura 1

A segunda temporada é muito mais eletrizante, nos últimos episódios eu realmente comecei a ficar ansiosa com as lutas, além de mostrar mais da sociedade, dos personagens e as possibilidade do que pode ser considerado “humano”.

Abertura 2

O Mangá está em seu 13° volume e 62° capítulo. A partir do final da segunda temporada, o anime fica um pouco diferente do mangá, mas para quem quer acompanhar pode começar a ler a partir do capítulo 50.

Mangaká: Nihei Tsutomu

Mangaka: Nihei Tsutomu

Direção: Kobun Shizuno

Composição de Roteiro: Sadayuki Murai

Trilha sonora: Noriyuki Asakur

Nota: 8/10

Quem escreve: Debs

Estudante de história, seriadora, amante de procrastinação, adora bob esponja e feminismo, música clássica e Lady Gaga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s